Geral

Tulio Zamin confirmado para assumir a presidência do Banrisul em 2011

21/12 - 17h06

Novo presidente diz que inovará sem criar traumas


 


O atual chefe de gabinete da prefeitura de Gravataí, Túlio Zamin, será oficializado como presidente do Banrisul no governo de Tarso Genro (PT). O nome de Zamin vinha sendo ventilado desde a vitória de Tarso e internamente a escolha está definida há alguns dias.



Ele, que permanecerá na Prefeitura de Gravataí até 31 de dezembro, já começou, inclusive, a definir a equipe e a estabelecer as ações prioritárias para o banco a partir de 2011. Vamos inovar sem criar traumas, resume.

A presidência do Banrisul não é novidade para Zamin, assim como a confirmação de seu nome à frente do banco não foi novidade para os petistas e seus aliados. Vinculado à Democracia Socialista, ele já presidiu o Banrisul durante a gestão do governador Olívio Dutra (PT).

Conforme o futuro presidente, a gestão será vinculada a resultados e pautada pelos critérios técnicos, mas com atenção ao papel social desempenhado pelo Banrisul. Quanto à possibilidade de uma nova emissão de ações, Zamin diz que o Banrisul hoje se encontra em situação confortável.

Ele admite que sua projeção de crescimento faz com que seja trabalhada desde já a perspectiva de um reforço de capital, mas ressalva que a questão não é prioritária na primeira metade do governo. E, quando questionado sobre as gestões dos últimos governos, Zamin destaca os objetivos comuns.

Zamin também antecipa que o banco deverá reforçar o crédito aos setores da cadeia produtiva com o objetivo de aumentar a geração de empregos e, no que se refere ao público em geral, trabalhar para a melhoria no atendimento. Entre as metas estão ainda a expansão da rede de atuação, incluindo ampliação na rede em Santa Catarina e no Paraná.

Túlio Zamin é formado em Ciências Contábeis pela PUC-RS. Foi secretário adjunto da Fazenda do governo Olívio Dutra de 1999 a 2000, ano em que assumiu a presidência do Banrisul. O contador foi o titular da Secretaria da Fazenda de São Leopoldo durante a primeira gestão de Ary Vanazzi, é o atual chefe de Gabinete da prefeitura de Gravataí e integra o Conselho Fiscal da Petrobras. Natural de Nova Prata, tem 52 anos

Confira a entrevista de Zamin:


CP: O Banrisul pode fazer nova emissão de ações, como aconteceu no governo de Yeda Crusius (PSDB)?

Túlio Zamin: Por enquanto há um espaço bastante confortável para operarmos. Pela trajetória de crescimento, temos condições de operar pelo próximo ano e meio ou nos próximos dois anos. A partir daí é possível adotar uma estrutura de reforço de capital. Mas não há como adiantar agora qual será a estratégia. Isso vamos definir depois.

CP: Quais são as prioridades da próxima gestão?

Zamin: De acordo com a orientação do governador, vamos montar uma equipe com a preponderância do critério técnico. Esta estrutura estará em linha com nossa visão do papel do banco. Vamos trabalhar muito fortemente em dois ou três campos cujos resultados serão gradativos. Vamos articular no mercado oportunidades para contribuir com os programas federais. Além de operar o crédito, vamos levá-lo para setores da cadeia produtiva que possam gerar empregos.

Vamos utilizar toda a nossa inteligência, articular fundos de investimento, contribuir para o setor habitacional, o crédito agrícola. E teremos um cuidado especial com o atendimento às pessoas. Há um espaço importante para melhorarmos o atendimento à comunidade.

CP: O que mudou no Banrisul desde que o senhor assumiu a presidência pela primeira vez?

Zamin: A situação comercial e patrimonial do banco era muito diferente. É importante lembrar que, na época, o Banrisul estava vendido, desaparelhado, e a moral dos funcionários abatida. Demos uma dinâmica de gestão. Alavancamos o Banricompras, que hoje é um grande ativo, copiado por vários bancos privados, e que demonstrou a nossa criatividade e sensibilidade em relação ao mercado.

*Correio do Povo com edição Fetrafi-RS


 




Notícias anteriores

» Que em 2011 a esperança vença o medo!
» Caixa confirma pagamento de delta retroativo
» Total de cheques frios cresce 1,68%
» Superávit da Previ beneficia a CASSI
» Bancários do HSBC cobram acordo global
» Caixa tenta prorrogar a compensação dos dias da greve de maneira irregular
» Atendimento bancário no interior é das 8h às 10h no dia 24
» Caixa bancário tem direito a dez minutos de intervalo a cada 50 trabalhados
» Acordo sobre superávit da Previ é aprovado por 80% dos participantes
» Senado aprova indicação de Tombini para o Banco Central
» Empregados escolhem, de 13 a 17, membros do Conselho de Usuários do Saúde Caixa
» Polícia Federal multa bancos em R$ 2,243 milhões na 88ª reunião da CCASP
» Receita divulga regras para declaração do IR 2011
» Aumentos reais de salários batem recorde no semestre
» Febraban divulga horário de funcionamento dos bancos no Natal e Ano Novo
» Sindicato convoca associados para assembleia
» Sancionada lei que proíbe demissão por justa causa de bancário com dívida
» CUT reitera defesa do mínimo de R$ 580
» Receita dos bancos de investimento atinge US$ 1,5 bilhão
» Fetrafi-RS lança novo portal de notícias e vídeo institucional comunicação
Busca por notícias:
Palavra:

galeria


CUT Rio Grande do Sul


Federação dos Bancários RS

baner

Abraço