Os casos de Covid-19 nas agências do Banrisul não param de crescer e nem todos os gestores estão cumprindo os protocolos sanitários. Este foi o debate da reunião entre o Comando Nacional dos Banrisulenses e o banco na última quarta-feira, 9 de dezembro.

Os dirigentes sindicais, representantes dos empregados do Banrisul, cobraram do banco uma ação mais efetiva quanto ao cumprimento dos protocolos, fiscalização e punição daqueles que não seguirem as regras. Além disso, pediram que os comunicados internos sobre os procedimentos a serem adotados em casos positivados sejam mais claros, sem margem para interpretações equivocadas.

Episódios recentes de descumprimento das orientações foram relatados pelos dirigentes e comprovados durante a reunião. Em uma agência na zona central de Porto Alegre, cinco empregados foram convocados para o expediente operacional um dia após a unidade ter sido fechada por conta de um caso de colega infectado pelo novo coronavírus, o que ficou claro nas câmeras do banco.

O Banrisul se comprometeu a resolver a situação, melhorar sua comunicação quanto aos protocolos e estabelecer regras e punições rígidas a quem não seguir as determinações. Também vai buscar formas de acelerar a testagem dos empregados com sintomas.

Na próxima semana, as medidas quanto à COVID-19 serão debatidas novamente em reunião marcada para amanhã, terça-feira, 15 de dezembro, às 13h30, que tem como assunto principal o teletrabalho.
O Comando dos Banrisulenses pede a todos os colegas que observem e cumpram os protocolos e que, em caso de descumprimento no seu local de trabalho, denunciem ao seu sindicato, para que ações efetivas possam ser tomadas.

Fonte: Bancários RS

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *