O Comando Nacional dos Bancários entregou na quinta-feira (23) a minuta com as reivindicações da categoria bancária para a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Entre as prioridades apontadas na pauta estão a manutenção dos direitos adquiridos, defesa do emprego, defesa da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) válida para toda a categoria (independentemente do nível salarial), ganho real nas cláusulas econômicas (os bancários reivindicam aumento real de 5%), mesa única de negociação com os bancos (com bancos públicos e privados) e a defesa dos bancos públicos. A categoria também aprovou a reivindicação de uma PLR de três salários mais parcela fixa de R$ 10.742,91; possibilidade de sindicalização eletrônica; cláusula nova garantindo direitos e condições de trabalho para a realização do home office.

A definição da pauta final de negociação começou no início do mês de junho, com a consulta aos bancários e os debates nas conferências estaduais. Durante a 22ª Conferência Nacional, em São Paulo, cerca de 635 delegados que representam trabalhadores de bancos públicos e privados de todo o país definiram os itens para a Campanha Nacional Unificada 2020.

A minuta específica da Caixa segue neste link ao lado: Minuta de Reivindicações da Caixa

 

Com informações da Contraf-CUT

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *