Doença ameaça saúde do(a) bancário(a)

Desde 2000, no Brasil o dia 28 de fevereiro é o Dia Internacional do Combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER), ou Distúrbios Ósteo Musculares Relacionados ao Trabalho (DORT) como são conhecidos. Trata-se de um marco de extrema relevância, pois foi a primeira vez na história que uma doença profissional (LER) passou a ser considerada como questão de saúde pública mundial.

Consideradas a segunda maior causa de adoecimento no trabalho, as Lesões por Esforços Repetitivos (LER) atingem a categoria bancária, cerca de 30% dos(as) trabalhadores(as) afastados por doença sofrem desse tipo de enfermidade, decorrente da atividade profissional. Acometem homens e mulheres em idade produtiva e estão na maioria das vezes relacionados à organização do trabalho, como posturas inadequadas, movimentos repetitivos e fatores psicológicos.
As lesões por LER/DORT (Lesões por Esforço Repetitivo ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho), causa de tantos males aos trabalhadores e trabalhadoras, nos levam a várias reflexões, sobretudo por se tratar de uma questão em que a organização do trabalho pode mudar esse quadro.

Conforme a diretora de Saúde do Sindibancários, Mariane Castagnino mesmo com o grande crescimento dos casos de transtornos mentais na categoria, as lesões por esforço repetitivo e osteomusculares ainda afetam grande parte dos bancários e bancárias. “As privatizações e a redução dos postos de trabalho nos bancos públicos e privados, tem levado às bancárias e bancários a realizarem diversas tarefas e funções, intensificando assim o ritmo de trabalho, levando ao adoecimento físico e mental. Também as políticas de governo prejudicam trabalhadores e favorecem mais os empregadores”, enfatiza a dirigente sindical.
De acordo com a diretora do Sindicato dos Bancários, os bancos têm como prática a não emissão da CAT, uma estratégia para subnotificar a ocorrência de doenças relacionadas ao trabalho. Para solicitar o encaminhamento, o trabalhador deve entrar em contato com o Sindicato pelo telefone (51)3056-2351. A Diretoria de Saúde do Sindicato também está a disposição para dúvidas e informações.

Serviços no município:
UMREST – Este serviço é referência municipal, especializada em saúde do trabalhador. Tem como objetivo desenvolver ações de vigilância em saúde (prevenção e reabilitação) em todos os níveis de complexidade.
CEREST/ VALES – Está localizado no município de Santa Cruz do Sul e atua em uma área de 68 municípios pertencentes. Possui uma equipe multiprofissional. Tem como função o provimento de retaguarda técnica para o SUS nas ações de prevenção, promoção, diagnóstico, tratamento, reabilitação e vigilância em saúde dos trabalhadores e trabalhadoras, urbanos e rurais, independentemente do vínculo empregatício e do tipo de inserção no mercado de trabalho.

_________________________________________________
Assessoria de Imprensa do Sindibancários de SCS e Região
Fernanda Almeida

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *