Desde as primeiras horas da manhã, Sindicatos e trabalhadores(as) estão firmes na paralisação contra a Reforma da Previdência, com agências bancárias fechadas e protestos no município

 

A greve geral desta sexta-feira(14) começou cedo para os manifestantes. Protestos contra a Reforma da Previdência acontecem em todo o País neste dia de paralisação. Várias rodovias do Rio Grande do Sul forma bloqueadas. Em Santa Cruz do Sul, o primeiro ato foi a interdição da BR-471 em frente à Estação Rodoviária por volta das 7 horas.

As manifestações foram organizadas pelo Comitê Contra o Fim da Previdência Pública do Vale do Rio Pardo. Às 8h o ato seguiu na Praça Getúlio Vargas e caminhada pelo centro da cidade.

Dirigentes e funcionários(as) dos bancos de Santa Cruz: BB, CEF, Itaú, Santander, Bradesco e o Banrisul de Vera Cruz, aderiram à paralisação.

“Mais uma vez estamos participando do movimento pela defesa do direito à aposentadoria e contra o fim da Previdência Pública, que estão ameaçadas pela proposta de reforma do atual governo. E contra todos os retrocessos que estamos vivendo no país, como o desmonte da Caixa, do BB e Banrisul”, destaca o coordenador do Sindibancários Cândido Castro Machado.

Além dos(as) bancários(as), diversas outras categorias aderiram à paralisação nacional em todo o país contra a reforma da Previdência, contra a privatização de empresas públicas e dos bancos públicos (Caixa e o Banco do Brasil), contra os cortes na educação e por empregos.

____________________________________________________________

Assessoria de Imprensa do Sindibancários de SCS e Região

Fernanda Almeida

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *