Depois de cobrança do Comando Nacional dos Bancários, Banco anunciou ainda a disponibilização de máscara de acrílico para os bancários das agências

Logo depois de sua participação na live realizada no perfil do Instagram da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), na noite da quarta-feira, 8/4, a presidenta da Confederação, Juvandia Moreira, recebeu uma ligação da direção do Bradesco para informar que o banco não irá demitir durante a pandemia do coronavírus (Covid-19).

“É uma vitória para a categoria. Agora, os três maiores bancos privados do Brasil têm o compromisso de não demissão enquanto esta pandemia que assola o mundo continuar. É mais uma amostra da importância da negociação permanente que o Comando Nacional dos Bancários estabeleceu com a Fenaban”, afirmou Juvandia, que também é umas das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

O presidente do SindBancários, Everton Gimenis, que é funcionário do Bradesco saudou a medida protetiva e a preservação dos empregos. “a preocupação com a economia é importante. Mas, neste momento que a pandemia está acelerando no Brasil, a segurança e as vidas são mais importantes. Preservar empregos e salvar vidas ajuda a salvar a economia”, ponderou Gimenis.

O Bradesco garantiu ainda que vai distribuir máscara de acrílico a todos os bancários que estão nas agências fazendo o atendimento da população e máscaras de pano para os bancários de departamento.

O banco disse ainda que flexibilizará o final do plano do Seguro Bradesco para os trabalhadores que saíram no PDV em 2018 e tiveram seus planos encerrados agora, durante a pandemia.

Quem estiver nesta situação e precisar de atendimento médico deve entrar em contato com o Viva Bem, que o Bradesco irá avaliar caso a caso.

Fonte: Contraf-CUT, com edição de Imprensa SindBancários

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *