Banco estava descontando a porcentagem sobre o salário com gratificações de funções; A CCT determina que a cobrança seja pelo salário base

O banco Bradesco comunicou à Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) que vai corrigir a forma de desconto dos valores referentes ao vale-transporte de seus funcionários. O banco informou que a partir de abril os valores já estarão corrigidos.

O assunto voltou a ser tratado na última mesa de negociações.

A cláusula 21 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria determina que os bancários devem arcar com 4% do salário básico. O banco, no entanto, vinha efetuando o desconto de 4% sobre a remuneração integrada às gratificações de função.

Diversos sindicatos em todo o país já haviam entrado na justiça pedindo a correção da cobrança e a restituição dos valores cobrados a maior.

Fonte: Contraf/CUT

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *