Juarez Franco, conhecido como Bola, necessita de ajuda para continuar tratamento

 

O Sindicato dos Bancários de Santa Cruz do Sul e Região está pedindo auxílio da categoria e da comunidade em geral para Juarez Franco. Conhecido como Bola, o ex-bancário do Banco do Brasil, já foi associado do Sindicato, encontra-se internado em unidade de tratamento intensivo no Hospital das Clínicas em Porto Alegre, em decorrência de uma amiloidose, caso raro de doença cardíaca.

Ao longo do ano passado Bola se sentira mal durante treinos de tênis. Depois de vários exames foi constatada a doença, com “evolução de oito meses de comprometimento progressivo da marcha em função de polineuropatia amiloidótica que compromete atualmente a mobilidade de seus membros inferiores”, o que o deixou paraplégico. Mas sem comprometimento cognitivo e com a força e a mobilidade dos membros superiores preservadas.

Conhecido em Santa Cruz do Sul por sua trajetória no esporte, ligado ao basquete, como jogador e treinador. Ao longo dos anos, participou de diversas formações competitivas no clube, até a confirmação do título de campeão gaúcho em 1983. Foi técnico do time de basquete e tornou-se auxiliar da equipe que conquistaria o Brasil em 1994, contribuiu de maneira decisiva na campanha do título nacional. Após, passou a conciliar as atividades no basquete com a condição de professor de tênis, mininstrando aulas na sede da AABB.

Tratamento da doença

O tratamento para a amiloidose de Bola implica na adoção do remédio Tafamidis, importado. O custo desse medicamento foi assumido pelo Hospital das Clínicas, onde seguirá internado. Porém os gastos mensais implicam em ao menos R$10 mil, com fisioterapia, ventilação mecânica, alimentação especial e remédios complementares. Para quem quiser auxiliar com os recursos para o tratamento, os depósitos podem ser feitos na seguinte conta: Banrisul – Agência: 0340 – Conta Corrente: 35.060860.0-7 – Titular: Juarez Franco. Além do depósito bancário, podem ser feitas também pelo site Vakinha : http://vaka.me/597174

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *